20 de janeiro de 2014

23. Guia de Música Clássica


Dando prosseguimento ao ciclo de inovações da MicroAcesso Informática, estivemos trabalhando nos últimos 3 meses no desenvolvimento de um projeto multimídia para obras de referência dinâmicas.
Após várias pesquisas na literatura disponível, em aplicativos para smartphones/tablets, programas para computador e em websites, ficou evidente que a maioria das informações ou dos dados procurados está fragmentada e dispersa, dificultando sua obtenção e, pior, impossibilitando sua compreensão dentro de um mesmo contexto.
Dessa forma, o primeiro título que desenvolvemos foi o Guia de Música Clássica. A princípio, funcionará em qualquer computador PC, mas nada impede de, futuramente, ser convertido para outras plataformas.
A ideia geral do projeto é licenciar uma cópia do título para cada cliente interessado. O mais importante é que o pagamento será único, mas toda e qualquer atualização, quer seja na inclusão de novos dados ou mesmo na estrutura de relatórios do projeto, será repassada GRATUITAMENTE e por prazo indeterminado.

Falando especificamente do Guia de Música Clássica, foram consultadas e cruzadas várias fontes para dar confiabilidade e precisão às informações constantes. Decidimos inicialmente comercializá-lo com 80 dos principais compositores de todos os períodos da música clássica e por volta de 560 obras musicais, o que dá uma média de 7 obras-chave para cada compositor.
A rigor, trata-se de um verdadeiro banco de dados relacional, abrangendo tópicos da evolução da chamada música clássica, mais precisamente, música erudita. No Guia você encontrará detalhes dos períodos, compositores, obras-chave e filmes que têm ligação com a música clássica (já são mais de 160 filmes relacionados).

Todas as obras, e muitos de seus movimentos musicais, possuem links para assistir aos vídeos dos concertos via YouTube, enquanto os links dos filmes direcionam aos trailers dos mesmos.
Periodicamente, novos compositores e suas principais obras serão acrescentados ao Guia. O que você deve fazer é simplesmente trocar um arquivo pelo outro. Para tanto, todo cliente licenciado será informado por e-mail que uma atualização está disponível, a CUSTO ZERO.
Naturalmente, você poderá sugerir novos compositores, novas obras, vídeos melhores ou até mesmo propor um novo relatório de exibição. Tudo dependerá de uma análise técnica e planejamento prévio para sua implementação.
Bem, chega de conversa. Se você aprecia música clássica ou conhece alguém que pode se interessar pelo projeto, solicite uma apresentação e perceba o quanto de empenho foi colocado neste Guia inusitado e a vantagem de ter toda essa informação disponível a qualquer momento, num único lugar e sempre atualizada.
Um forte abraço a todos e aguardo seus comentários.

fcesana@gmail.com

Nenhum comentário: